A Copa é Tech

Tecnologias serão destaques nesta edição.

Se o Brasil vai fazer história nesta Copa do Mundo e se tornar a primeira seleção hexacampeã, a gente não sabe. Mas uma coisa é certa: a tecnologia vai ser o grande destaque na Copa do Catar 22. O país se preparou para receber visitantes do mundo todo e vai contar com estádios climatizados, túneis de vento, drones para controle de segurança e muito mais.

Inteligência artificial vai marcar impedimentos

Pela primeira vez, a FIFA usará um sistema semiautomático envolvendo inteligência artificial (IA) para marcar impedimentos em uma copa do mundo. Doze câmeras com machine learning, instaladas na cobertura dos estádios, farão monitoramentos das jogadas, além de rastrear até 29 pontos dos corpos dos jogadores. O objetivo é reduzir o tempo do VAR e dar mais precisão à arbitragem. A expectativa é que o tempo de análise caia de 70 para 20 segundos.

Com a bola toda

A Bola da Copa 2022, produzida pela Adidas,  vai contar com muita tecnologia para auxiliar árbitros em tempo real. O sensor de movimento permite a medição inercial (IMU) de 500 Hz, capaz de identificar seu posicionamento em campo 500 vezes por segundo durante uma partida. Essa funcionalidade vai garantir a marcação automática de impedimentos e ajudar os árbitros nas decisões. Além disso, informações do trajeto da bola servirão para criar imagens 3D das jogadas, que serão transmitidas nos telões para os torcedores.

Vestindo a camisa inteligente – IoT

Uniformes inteligentes estarão em campo para monitorar os atletas. Ainda em fase experimental na Copa do Mundo, a tecnologia é utilizada por trabalhadores da construção civil. O material possui microssensores aplicados ao tecido e podem medir o batimento cardíaco, a respiração e até a hidratação do atleta. 

As tecnologias vestíveis já são amplamente utilizadas no mercado de saúde, esporte, indústria e militar. A previsão é que o mercado de wearables cresça ainda mais e atinja US$64 bilhões de dólares em 2024. Os novos modelos de monitoramento vão de óculos a anéis e calçados e estão cada vez mais precisos na captação de dados.

Drones. Gol para a segurança

A segurança é pauta fundamental para a comissão da Copa do Catar 2022. Com o barateamento e a popularização dos drones – hoje em dia é possível comprar um por preços bem acessíveis -, os realizadores de eventos passaram a olhar também para o alto para manter todos seguros. Equipamentos de última geração serão usados para monitorar os espaços abertos e poderão até interceptar outros drones que apresentarem riscos para os torcedores e para o evento em geral.

O que era ficção já se tornou realidade e a utilização comercial desta tecnologia está crescendo a passos largos. Segundo a Mckinsey, no início deste ano, 2 mil entregas eram realizadas todos os dias com o auxílio de drones. Com a taxa de crescimento acelerado, estima-se que, até ao final de 2022, o número de entregas realizadas chegue a cerca de 1,5 milhões. Quase meio milhão a mais que em 2021.

Os anéis do poder entram em campo

Mesmo antes das partidas, a tecnologia já auxilia a seleção canarinho. Desde XXX, o time de Tite passou a usar anéis inteligentes para monitorar o sono dos atletas. O device tem o objetivo de medir a qualidade do sono dos jogadores e auxiliar na recuperação.

Os dados são coletados e exibidos em tempo real para a comissão técnica que avalia o desempenho de cada jogador, além disso, a informação também é exibida nos smartphones de cada atleta.

O Smart Ring não é um equipamento exclusivo da seleção brasileira. Esse tipo de tecnologia já está disponível para o público e as versões mais modernas  são utilizadas até para medir a saturação do oxigênio no sangue e a frequência cardíaca. Além de permitir controlar outros dispositivos como cartões e celulares por meio de voz e gestos.

Já parou pra pensar como todas essas tecnologias podem ajudar o seu dia a dia ? Nós, da GFT, já. 

NFT, IoT, blockchain, A.I., entre tantas outras tecnologias, já fazem parte dos nossos desenvolvimentos de soluções. Seja no setor de saúde, indústria, serviços ou financeiros, extraímos o máximo potencial das tecnologias emergentes para entrar em campo e fazer bonito junto aos nossos clientes e parceiros.

 

Referências

Anel inteligente é arma da seleção brasileira para controlar sono e acelerar recuperação dos jogadores | seleção brasileira | ge (globo.com)
Como funciona a nova IA que ajudará o VAR na Copa do Mundo 2022 (uol.com.br)
Copa do Mundo FIFA de 2022 terá tecnologia semiautomatizada de impedimento
Drone delivery: More lift than you think | McKinsey & Company

Post a Comment

* indicates required

O tratamento de dados é feito pela GFT Technologies SE. O comentário ficará visível para todos os usuários e os dados relacionados a ele serão processados com base no seu consentimento expresso ao deixar o comentário. Você tem o direito de retirar seu consentimento a qualquer momento. Para mais informações, veja nossa Política de Privacidade.

Comment Area