O que a experiência do usuário (UX) e embalagens de produtos têm em comum?

UX é a abreviação em inglês do termo Experiência do Usuário, serviço muito disseminado nos dias de hoje: muitas empresas têm cargos e até mesmo times inteiros voltados para trabalhar neste setor.

Mas você já parou para pensar como efetivamente é trabalhada a Experiência do Usuário, e como isso impacta os clientes finais?

Bom, existem inúmeros exemplos na web falando sobre isso, mas para conseguirmos explicar de forma mais didática, neste artigo escolhemos comparar UX às embalagens de produtos.

Mas, o que a embalagem do produto tem a ver com a experiência do usuário?

Essa é fácil, tudo!

Vamos usar um exemplo bastante inusitado: o de uma embalagem de peito de peru.

Algumas pessoas devem ter passado pelo mesmo problema mais de uma vez: é impossível desgrudar as fatias embaladas a vácuo de forma que elas saiam inteiras, não é?

E por isso, você, enquanto usuário, se sente até lesado de alguma forma por não conseguir aproveitar 100% daquilo que comprou.

Eis que então, uma determinada marca teve uma ideia diferente: Eles colocaram folhas de plástico para separar as fatias e, dessa forma, elas não grudam umas nas outras.

Uma ótima solução para a situação, certo? Pois então: Isso é experiência do usuário! Este simples ato de deixar os consumidores satisfeitos é uma forma de melhorar a experiência deles e fazê-los perceber o quanto aquela empresa se preocupa com a sua experiência.

Isso está atrelado a experiência do cliente, mas dentro de CX (Customer Experience), temos UX.

Voltando às embalagens, outro exemplo interessante é de um mouse que possui muitas funções e botões: para não complicar a retirada do produto da embalagem, a marca inseriu pequenas aberturas na proteção, para que o consumidor pudesse encaixar o dedo e abrir com facilidade. Esta solução foi pensada previamente pois, é muito frustrante desembalar produtos com proteções de plástico fechadas de um jeito que só se você destruir metade dela, vai conseguir tirar o seu produto.

Esses são dois exemplos de como uma experiência pode impactar o consumidor, e pensando bem, não são soluções muito complicadas, são só adaptações sutis, que fazem toda a diferença.

Quer um exemplo ainda mais simples?

Sabe aquela comida que você ama pedir pelo Ifood ou que adora buscar na padaria? Esta dinâmica de preferência, traz a UX envolvida, pois, desde o produto em si, o atendimento, até a embalagem utilizada, são pontos importantes que fazem parte de um ciclo, que vão ou não ganhar a sua atenção ao final.

Se tudo correr bem, com certeza você vai seguir como cliente potencial, mas, se alguma dessas etapas der errado, você pode deixar de ser um consumidor e nunca irá recomendá-los a ninguém. Isso faz parte da experiência como usuário.

Quer um outro exemplo sobre embalagens?

A famosa empresa da maçã não faz com que a sua experiência de querer comprar os produtos deles, apenas comece quando você liga um aparelho. Mas já começa quando você pega a embalagem nas mãos. As caixas dos últimos modelos de smartphones, por exemplo, têm um design minimalista e funcional, com linguetas de plástico que facilitam muito a abertura da embalagem.

Convidamos você, para a partir de agora, começar a reparar à sua volta como a experiência do usuário está inserida em tudo o que você consome, e não apenas em aplicativos e sites super bem projetados, pois cada um desses elementos geram uma experiência em você, mesmo que simples.

E por que precisamos de profissionais dedicados a trabalhar com isso?

Para fazer entregas de qualidade, é necessário um estudo profundo sobre as necessidades do consumidor. O que os profissionais de UX fazem, é descobrir problemas que estão nas entrelinhas da relação dos clientes com os produtos/serviços oferecidos.

E é aí que está o valor de sua entrega – pequenas adaptações/soluções relacionadas a experiência do usuário são tão importantes em mostrar o seu diferencial, quanto os produtos ou serviços em si.

Às vezes tudo o que o cliente final deseja, são divisores entre as fatias de peito de peru para que elas não grudem. E esta é uma pequena reflexão que serve para qualquer área.

 

Post a Comment

* indicates required

O tratamento de dados é feito pela GFT Technologies SE. O comentário ficará visível para todos os usuários e os dados relacionados a ele serão processados com base no seu consentimento expresso ao deixar o comentário. Você tem o direito de retirar seu consentimento a qualquer momento. Para mais informações, veja nossa Política de Privacidade.