Blockchain/DLT, DeFi e Tokenização

A era digital nos permitiu digitalizar qualquer tipo de informação. Mas e se pudéssemos digitalizar o mundo físico? Podemos, com tokenização.

Tokenização é o processo de transformar um objeto físico em um token digital, é uma representação no mundo digital de um item do mundo real, tornando mais fácil para possuir, transferir, comprar e vender. Isso torna mais fácil gerenciar e rastrear a ideia de propriedade.

Podemos tokenizar um carro, o que nos permite registrar o proprietário, condição, reparos, registros de propriedade e muito mais. A partir disso, ficaria mais fácil comprar ou vender, conferir seu histórico, ter mais credibilidade nos reparos e rastrear todas essas informações que de outra forma estariam espalhadas nas diversas mecânicas e oficinas por onde passou.

A tokenização financeira não é diferente. Desde que o dinheiro foi inventado, antes da era digital, na forma de pedras, metais preciosos e papel-moeda, tem sido um desafio armazená-lo e movimentá-lo, com o risco de perdê-lo por roubo, clima e condições de armazenamento.

Com a tecnologia Blockchain e DLT, podemos digitalizar todo o sistema financeiro com infinitas possibilidades como empréstimos, ações, investimentos e muito mais com DeFi (finanças descentralizadas). Neste artigo, vamos explorar as possibilidades de tokenização em uma variedade de produtos financeiros.

Blockchain e DLT

DLT é um tipo de banco de dados distribuído e descentralizado. É protegido por criptografia moderna. Ele funciona em ambos os aspectos da computação, processamento e armazenamento de dados. Blockchain é um tipo de DLT, ele armazena dados em blocos, que são protegidos por meio de hashes criptográficos. Os 4 aspectos do Blockchain são transparência, privacidade, integridade e segurança.

  • Transparência – a visibilidade dos dados é controlada por criptografia. Todas as transações são visíveis para os participantes da rede até um certo ponto.
  • Privacidade – os dados reais podem ser abertamente visíveis na cadeia, mas você também pode obscurecê-los com criptografia, proporcionando privacidade. O hash dos dados e o armazenamento do hash em algum ponto no tempo fornecem prova de que os dados foram realmente produzidos e existentes naquele período de tempo.
  • Integridade – Gerando um hash dos dados e incluindo-os em um bloco com carimbo de data/hora, você fornece evidências de que os dados foram realmente produzidos naquele momento, fornecendo integridade de dados.
  • Segurança – a criptografia fornece o ambiente seguro para a transparência, privacidade e integridade dos dados. Apenas a assinatura do proprietário original dos ativos no blockchain permite que ele manipule esses dados.

DeFi (Decentralized Finance – Finanças Descentralizadas)

DeFi é um ecossistema descentralizado para serviços financeiros que permite transações p2p sem o envolvimento de terceiros. Ela opera exclusivamente com base em contratos inteligentes e transparentes que definem as regras e regulamentações estabelecidas. É um ambiente de serviços financeiros de código aberto e sem permissão que inclui empréstimos, investimentos, bolsas e até mesmo mercados. Permite a participação de qualquer pessoa com capital, sem restrições de localização ou condições financeiras. 

Empréstimos

O DeFi nos trouxe a possibilidade de descentralizar os empréstimos de uma forma mais barata e organizada. Qualquer um pode se tornar um credor e ganhar juros sem burocracia e restrições. Os contratos inteligentes mantêm seus fundos seguros e são de baixo risco devido ao aspecto de segurança do blockchain. É uma maneira de qualquer pessoa no mundo emprestar para qualquer outra pessoa no mundo, sem fronteiras e restrições legais. As obrigações sociais não serão discutidas aqui, apenas sua natureza técnica. Os empréstimos DeFi permitem a autocustódia de seus ativos e a transparência em seus empréstimos. AAVE and Compound são dois dApps que providenciam uma plataforma de empréstimos. 

Exchanges (DEX – Decentralized Exchange)

Com contratos inteligentes, você pode criar câmbios de moeda autônomos. Uniswap, 1inch e Sushiswap são 3 exemplos de trocas DeFi on-chain. Eles operam exclusivamente com contratos inteligentes e não requerem interferência de terceiros. Os preços são definidos com base em algorítmos de oferta e demanda. A troca acontece porque os liquidatários apostam seus ativos para fornecer liquidez para tokens e moedas, o que ajuda os staker’s a ganhar juros e cobrar as taxas que os contratos inteligentes pré definem.

Seguro

O seguro descentralizado operando em contratos inteligentes torna-o mais transparente, com pagamentos mais rápidos e mais barato de operar. A análise de dados sobre sinistros tende a ser mais transparente e tendenciosa. Um terceiro anônimo e totalmente tendencioso pode ser apresentado para reivindicações de disputa. Isso torna mais seguro para ambas as partes evitar fraudes de seguro e, uma vez que o terceiro seria anônimo, não há razão para que ele cometa fraude se ele está recebendo uma taxa por isso. Também cria a possibilidade de disputantes anônimos criarem uma reputação, dando mais credibilidade aos resultados da disputa.

Stablecoins (Moedas lastreadas)

Os Stablecoins elevam o conceito de dinheiro a um nível totalmente novo. O dinheiro digital não é novo, mas está espalhado por vários sistemas, como bancos, redes de crédito, instituições financeiras e o mundo físico. Stablecoins nada mais são do que um token que representa uma moeda impressa. É uma proporção de 1: 1. As duas principais vantagens são os tempos de transferência e armazenamento. Ele também fornece um mecanismo antifraude nativo devido à transparência no blockchain. Com a assinatura digital, você pode verificar se o token da moeda fiduciária é legítimo ou não, ou seja, se foi emitido pela instituição responsável. Dois exemplos são Tether USD e USDC, ambos são stablecoins lastreados em dólares reais (ou assim reivindicados).

NFT (Non fungible tokens)

NFTs são tokens que representam qualquer coisa, e eu quero dizer qualquer coisa mesmo. Eles foram popularizados em 2021 devido à sua natureza de serem únicos, como uma peça de arte ou um item no jogo como uma espada. A popularização de NFT começou com CryptoPunks, uns personagens virtuais colecionáveis e únicos hospedados no blockchain. Depois disso, a mania continuou com a digitalização de arte, tweets e até jogos esportivos. Em outras palavras, é pegar um pedaço de informação, dado, bens físicos e até mesmo ideias e transformá-lo em um token único. Isso garante originalidade e evita cópias falsificadas.

Investimentos

Como um investimento financeiro é qualquer coisa em que você investe dinheiro e somos capazes de tokenizar qualquer coisa do mundo físico para a versão digital, todos os tipos de investimentos financeiros podem ser tokenizados. Isso facilita o rastreamento, a negociação, a compra, a venda e o cumprimento das regulamentações. Ações, fundos mútuos, ofertas públicas iniciais e ofertas iniciais de moedas são apenas alguns tipos de investimentos que analisaremos neste artigo.

Ações

As ações podem se beneficiar muito com a tokenização em um blockchain. Uma ação representa uma parte de uma empresa, direta ou indiretamente envolvida. É como possuir uma parte dela e ajuda a empresa a arrecadar dinheiro para investir em si mesma. Os investidores podem então comprar e vender essas ações com base no desempenho da empresa. Atualmente, o mercado trabalha com uma rede de trocas que exige corretores, investidores, regulamentos, sistemas eletrônicos independentes e, às vezes, conversões de moeda. Para investir em empresas em outros países, você precisaria pagar taxas, impostos, converter moedas, conversar com corretores daquela região limitando o alcance de seu investimento.

Fundos Mútuos

Os FMs permitem que pequenos investidores alcancem oportunidades de investimento de alto perfil. Os investidores reúnem seu dinheiro para investir em ações, títulos, instrumentos do mercado monetário e outros ativos. Quando você investe em um FM, você compra uma parte do desempenho de seu portfólio em termos de ganhos ou perdas. FMs de tokenização permitem investimento mais fácil, transparência e distribuição de lucros

Initial Public Offerings (IPO’s), Initial Coin Offerings (ICO’s – Oferecimento Inicial de Moedas) and Initial Dex Offering (IDO’s)

ICOs são IPO’s tokenizados. Um IPO é uma oferta pública inicial que vende ações para investidores, um documento que representa uma parte dessa empresa. Enquanto um ICO é um token que representa uma parte dessa empresa. A única diferença técnica é como eles são emitidas. Um ICO usa um blockchain para emitir um token e transferi-lo para um investidor / comprador, enquanto um IPO emite um documento em um banco de dados tradicional. As ações de um IPO permanecem em poder de corretores e bolsas, enquanto os tokens de um ICO pertencem única e exclusivamente ao dono da carteira para o qual foi enviado. Em outras palavras, em uma ICO, você obtém a ação diretamente com a empresa e em uma IPO você exige que um terceiro administre para você pagando uma taxa, não há outra maneira. IDOs são um modelo mais avançado de ICOs. São uma forma de arrecadar fundos para um projeto de forma descentralizada. Em outras palavras, eles oferecem uma maneira de distribuir tokens usando contratos inteligentes para vender e distribuir tokens que financiarão o desenvolvimento de aplicativos. É semelhante a um ICO, mas possui um intermediário para facilitar o processo de distribuição de tokens. Polkabridge é um exemplo que lança IDO’s como PolkaWar.

 

Considerações Finais

O sistema financeiro pode se beneficiar muito com a tokenização. Primeiro, a transparência fornece mais credibilidade e gerenciamento de ativos mais fácil, como rastreamento e planejamento financeiro. Em segundo lugar, uma plataforma distribuída também distribui o custo, reduzindo assim os custos operacionais para as instituições financeiras. atualizações mais rápidas e gerenciamento mais fácil. O consórcio também se torna mais democrático para todas as entidades envolvidas.

Referências

What Is the Stock Market and How Does It Work? – NerdWallet

Initial Public Offering (IPO) Definition (investopedia.com)

How does Defi Lending Work? | DeFi Lending and Borrowing (leewayhertz.com)

NFTs, explained: what they are, and why they’re suddenly worth millions – The Verge

Post a Comment

* indicates required

O tratamento de dados é feito pela GFT Technologies SE. O comentário ficará visível para todos os usuários e os dados relacionados a ele serão processados com base no seu consentimento expresso ao deixar o comentário. Você tem o direito de retirar seu consentimento a qualquer momento. Para mais informações, veja nossa Política de Privacidade.