Book Review: Liderando a Transformação – Aplicando Princípios de Agilidade e DevOps em escala

Recentemente tive oportunidade de ler um livro interessante chamado Leading the Transformation – Aplicando princípios Agile e DevOps em escala de Gary Gruver e Tommy Mouser.

Com esta revisão, apresentarei minhas ideias e espero inspirá-los a adicionar o livro à sua lista de leitura também.

Leading the Transformation é um guia executivo, que fornece uma estrutura clara para melhorar o desenvolvimento e a entrega.

Ao invés das abordagens tradicionais de Agile e DevOps, que se concentram em melhorar a eficácia das equipes, o livro tem como objetivo a coordenação do trabalho entre times em grandes organizações – uma melhoria para a qual os executivos estão exclusivamente posicionados.

 Não implante DevOps em uma única etapa

DevOps deve ser implantado iterativamente, com cada incremento satisfazendo todas as três das seguintes qualidades:

  • Ambiente politicamente amigável: isso significa que as pessoas estão dispostas a trabalhar com o aplicativo pioneiro e dar à iniciativa uma tentativa justa e honesta.
  • Valor aceitável: o primeiro a se mover deve entregar valor suficiente para ganhar credibilidade e aprovação para continuar.
  • Risco aceitável: devido à ambiguidade e incerteza em torno do DevOps, muitas pessoas o consideram arriscado e têm medo de começar. Diante disso, as organizações devem identificar uma oportunidade que envolva um nível aceitável de risco, porque todos – TI, operações, desenvolvimento, segurança da informação, conformidade regulatória e auditoria – devem aprender.

Duas abordagens são recomendadas para iniciar a mudança, são elas:

Transformação técnica

  • Comece com uma compreensão clara de como as pessoas estão gastando o seu tempo e o valor do software que será utilizado no seu negócio. Considere os maiores fatores de custo e tempo de ciclo que não são essenciais para os seus objetivos de negócios;
  • Identifique os direcionadores de custo e o tempo de ciclo e também desperdícios em seu processo. Para começar, verifique os direcionadores significativos;
  • Observe os drivers de tempo de ciclo;
  • Comprometa-se com o tronco;
  • Faça uma análise do número de compilações por dia;
  • Compare os fatores de custo entre o teste de regressão completo (manual) e o teste de regressão automático;
  • Mude a integração de código para integração contínua;
  • Ao invés de um planejamento detalhado faça um planejamento ágil;
  • Troque a portabilidade codificada por trabalhar no ramo principal;
  • Da garantia de teste manual opte pelo teste principalmente automatizado;
  • Considere a capacidade de inovação;
  • Integrar e fazer chegar ao cliente é, de longe, a maior oportunidade de melhoria.

 Transformação cultural

  • Concentre-se nas áreas que normalmente são as maiores fontes de ineficiências na maioria dos esforços de desenvolvimento de software empresarial. Mantenha o código sempre disponível e o seu processo de planejamento;
  • A gestão precisa trazer a sua visão de ponta a ponta da cadeia de valor e estar mais bem posicionada para reunir todos os recursos da organização;
  • Desenvolva uma cultura de melhoria contínua;
  • Defina objetivos de iteração de nível empresarial;
  • Os executivos precisam estabelecer objetivos estratégicos que façam sentido e que possam ser usados ​​para conduzir planos e rastrear processos em nível empresarial;
  • Inclua os principais resultados para as mudanças de negócios e processos, por exemplo, trabalhar com iterações mensais;
  • Estabeleça métricas que permitam rastrear todos os objetivos da organização. Assim a equipe de liderança passaria a maior parte dos dias andando pela sala, tentando entender onde estamos lutando e o porquê;
  • Torne-se repórter investigativo e tente entender o que está funcionando e o que precisa ser melhorado;
  • A partir do momento que os executivos se mostrarem presentes para fornecer ajuda e dispostos a fazer mudanças, os engenheiros irão perceber isto, e, a partir de então, vão compartilhar as suas ideias e tornar-se as suas lutas visíveis;
  • A confiança leva a mais transparência que leva a uma maior capacidade de corrigir problemas rapidamente.

 Conclusão

Como pode ver acima, DevOps é uma jornada fantástica (não quer dizer que seja fácil) para entregar produtos de forma rápida, contínua, segura e valiosa para os seus clientes. Muitos paradigmas têm que ser quebrados, mas mesmo assim, muitas empresas já começaram essa jornada.

Espero que esta rápida revisão possa motivá-lo a iniciar essa transformação em sua empresa.

Por favor, deixe-me saber sua opinião. E se você se interessar por este livro, você pode comprá-lo usando o link abaixo: 

https://www.amazon.com/Leading-Transformation-Applying-DevOps-Principles/dp/1942788010

 

Post a Comment

* indicates required