Aplicativos de bancos europeus são líderes em utilização, segundo pesquisa


Quando se trata de gerenciar finanças pessoais, os aplicativos para smartphones são a principal escolha das pessoas. De acordo com os dados da Forrester[1], empresa norte-americana de pesquisa de mercado, mais de um terço dos europeus são usuários ativos de aplicativos bancários e esse público prefere utilizar aplicativos a sites dos bancos. Essa tendência diferencia o setor de muitos outros em que os sites são usados ​​com mais frequência do que os aplicativos.

Com o aplicativo de mobile banking sendo o principal ponto de contato estratégico, a Forrester decidiu descobrir como utilizá-lo de maneira fácil e prática. Para fazer isso, os analistas revisaram os aplicativos dos 10 principais bancos da França, Itália, Holanda, Polônia, Espanha e Turquia, tanto para verificar a funcionalidade quanto a experiência do usuário (UX).  As conclusões dessa pesquisa estão resumidas no relatório The Forrester Banking Wave ™European Mobile Apps, que você pode baixar aqui, gratuitamente,  até o dia 20/9.

O relatório mostra que a experiência do usuário (UX) continua sendo o foco dos aplicativos bancários. As instituições financeiras devem garantir que as tarefas mais populares, como verificar um saldo, encontrar uma transação específica e transferir dinheiro para outra conta, possam ser concluídas da maneira mais rápida e intuitiva, além da adição de novas funcionalidades aos seus aplicativos bancários.

Está curioso para saber porque esses bancos foram escolhidos como detentores de alguns dos principais serviços financeiros móveis na Europa? Leia o relatório para entender melhor onde se destacam, onde estão atrasados ​​e aprenda com a experiência. Boa leitura!


[1] Forrester Analytics Consumer Technographics® European Financial Services Survey, H1 2017.